Por que conhecer a Lagoa do Japonês?

Um dos lugares mais visitados no Tocantins, conhecer a Lagoa do Japonês é uma prática bastante comum entre os turistas. Acima de tudo, a região é repleta de natureza, diversidade e muita simplicidade, por parte de seus moradores.

Localizada em uma área de difícil acesso, sua beleza natural é bastante chamativa e intriga os turistas para uma boa diversão.

Entretanto, para visitar o local, é necessário se programar e planejar como irá. As estradas na região são precárias e, agendar com uma agência pode ser uma boa opção.

Nessa publicação, falaremos um pouco sobre o por que conhecer a Lagoa do Japonês, suas dicas, atividades e algumas fotos desse paraíso.

O que você vai encontrar na Lagoa do Japonês?

Essa é uma pergunta muito comum para quem pensa em conhecer a Lagoa do Japonês no Tocantins. Certamente, ao entrar na propriedade que contempla a Lagoa do Japonês, você já começa a perceber as belezas e encantos.

Com uma água bem limpa e em tons azuis e verdes, o local é maravilhoso. Por exemplo, para um mergulho, passeio com o barquinho do local, ou apenas apreciação de fora, as fotos ficarão muito interessantes para recordação.

Um exemplo de como o local é tão almejado pelos turistas, é em relação a fama nacional dele. Ou seja, é bastante comum diversas reportagens serem feitas no local, trazendo lindas imagens e boas propagandas para a região.

Como é a região da Lagoa do Japonês?

Com uma região bastante simples e rural, as proximidades da Lagoa do Japonês são bem acolhedoras. Por exemplo, há diversos sítios e fazendas pela região, com algumas opções de restaurantes, o local transmite muita tranquilidade e paz ao turista.

É bastante comum os visitantes alugarem carros e passearem pela região, seja para conhecer a cultura local ou para tirar fotos de diversas paisagens possíveis. Acima de tudo, outro ponto interessante é que, alguns quilômetros de distância da lagoa, é possível conhecer pequenas cidades e vilarejos, onde o tempo passa bem devagar.

Vale lembrar que, como toda a região da Lagoa do Japonês envolve muita natureza, sempre pedimos cooperação em relação ao recolhimento de lixo e preservação da região, favorecendo a natureza e os moradores locais.

Região da Lagoa do Japonês

Opção de acampar na Lagoa do Japonês

Para quem gosta de mais aventuras e não liga muito para comodidade, uma excelente opção para quem visita o local é o camping.

Bem simples, o local é bastante interessante para quem gosta de passar uma noite tranquila. Em suma, opções com fogueira, amigos e muito silêncio.

A área de camping é pequena e geralmente fica lotada na alta temporada, sendo recomendado chegar cedo para garantir seu local.

Além disso, é sempre recomendado observar o que está levando, sendo alguns itens fundamentais para acampar, pois a infraestrutura no local é precária.

Mergulho

Uma prática muito interessante no local são os famosos mergulhos na lagoa, que rendem excelentes filmagens e fotos. Em outras palavras, com uma água bastante transparente, é possível observar diversos peixes e lindas rochas no fundo da lagoa.

No próprio local, são alugados alguns itens para facilitar o mergulho e fazer com que o turista aproveite da melhor maneira. Itens de snorkel são bastante recomendados, além de sapatilhas, pois as rochas no local podem machucar os pés e até mesmo cortar.

Uma excelente opção para quem é fascinado por filmagem é em relação as câmeras a prova de água. Com permissão para lindas imagens do fundo do local, com boa luminosidade e transparência da água, as imagens ficam ótimas.

Quanto custa para conhecer a Lagoa do Japonês?

Com um preço bastante acessível, conhecer a Lagoa do Japonês é uma atividade muito recomendada para quem está no Tocantins. Além disso, o preço varia entre 30 reais, com o bônus de não pagar o camping para hospedagem.

O preço inclui o acesso ao local e o camping, caso o turista queira frequentar. Dentro da lagoa, existem algumas outras opções pagas para realizar, como a tirolesa do local, aluguel de equipamentos, entre outras coisas. Sendo

O que acaba ficando mais caro no passeio todo é o transporte até o local, acima de tudo, realizado por uma agência de viagem.

Portanto, recomendamos também, o aluguel de carro em uma cidade maior, pois acima de tudo, o turista pode conhecer as outras regiões próximas da Lagoa do Japonês.

Aproveitar o restaurante

Para quem gosta de uma comida local, com bons peixes, aproveitar o restaurante da lagoa é uma excelente opção. Por exemplo, com boas variedades, excelente atendimento e uma infraestrutura confortável, é uma excelente experiência para o turista.

O restaurante fica localizado embaixo de diversas árvores, trazendo uma sensação de liberdade e muito conforto. Tudo com um contato muito forte com a natureza. Concluindo, para quem não gosta de ficar levando lanches ou bebidas para os passeios, o local é excelente para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *