Brasil Ilha do Campeche Santa Catarina Sul

Ilha do Campeche: como chegar, dicas e o que fazer

Um dos locais mais bonitos de Florianópolis, a Ilha do Campeche contém uma natureza exuberante, lindas paisagens, ótimas trilhas e muita aventura. Sua praia com uma ótima areia fina e com um mar que varia sua cor entre verde e turquesa, o local chama a atenção dos turistas todos os anos.

Com grande importância cultura, o local apresenta inscrições rupestres e muita biodiversidade. Para quem não conhece a Ilha do Campeche em Florianópolis, vale a pena visitar e desfrutar essa bela sensação de estar em um caribe brasileiro.

Nesse artigo, passaremos um guia completo sobre a Ilha do Campeche, com boas dicas, passeios para você realizar e tudo o que você deve ter atenção.

Ilha do Campeche em Santa Catarina

Como chegar na Ilha do Campeche

Os passeios para a Ilha do Campeche podem sair de 3 locais, ficando a critério do turista escolher a sua melhor opção. Basicamente, o que muda sempre são as embarcações e os tempos de percurso. A seguir, falaremos sobre os 3 passeios.

  • Partindo da Praia do Campeche

O trajeto mais curto para se fazer, a travessia ocorre através de botes infláveis ou pequenas embarcações. Por enfrentar o mar aberto, pode causar um pouco de insegurança no turista.

O tempo de duração é em média de 15 minutos.

  • Partindo da Barra da Lagoa

Esse é o trajeto mais longo e com melhores embarcações. O valor varia de 110 a 160 reais e o tempo de viagem é de 1 hora. É muito interessante para você desfrutar um pouco do mar da região e conhecer lindas paisagens.

  • Partindo da Praia da Armação

Os passeios que partem da Praia da Armação levam em torno de 40 minutos para realizar todo o trajeto. São utilizados barcos maiores.

Os passeios saem do trapiche, no lado direito da praia, sendo realizado o pagamento no local e sem agendamentos. Recomendamos chegar cedo e segurar sua vaga, pois há limite diário de pessoas na ilha.

Onde fica a Ilha do Campeche

A Ilha do Campeche está localizado na parte Sul da Ilha, isso em Florianópolis. Essa região fica cerca de 15 quilômetros da capital, sendo bastante acessível e tranquilo para chegar.

Sua extensão não é tão grande, cerca de 1,5 quilômetros, de Norte a Sul. Para quem realiza o passeio, a chegada na ilha acontece pela Praia da Enseada. A seguir, deixaremos um mapa para melhor visualização do local.

O que fazer na Ilha do Campeche

As atividades para o turista desenvolver na ilha vão desde curtir a praia tranquilamente, ou até mesmo, realizar trilhas radicais em meio a mata fechada. A seguir, listaremos algumas atrações que você não deve deixar de fazer para realizar um passeio completo na Ilha do Campeche.

Trilhas na Ilha do Campeche

As trilhas na Ilha do Campeche são bastante recomendadas e existem 3 opções. A trilha norte é a mais longe e exige um pouco mais do turista. Ambas as trilhas, o turista é guiado por um monitor do IPHAN de Santa Catarina, no qual ele explica a história do local.

Por ser um Patrimônio Arqueológico, o local apresenta pinturas rupestres e muita natureza. As vistas durante as trilhas são de tirar o fôlego. Existe a trilha norte, leste e a curta, nos valores de 35, 25 e 10, respectivamente.

Trilhas na Ilha do Campeche

Snorkel

Uma opção bastante interessante para o turista fazer durante a permanência na ilha, é a prática de snorkel. Existe uma trilha no valor de 60 reais, no qual o turista já tem todos os materiais inclusos e pode se aventurar no mar.

O passeio dura em torno de 1 hora e 30 minutos, sendo muito interessante para quem nunca teve uma experiência do tipo. Os guias são bem experientes e dão total apoio ao turista.

Conheça também Lagoinha do Leste em Santa Catarina.

Curtir a Praia da Enseada

Sendo a única praia da Ilha do Campeche, a Praia da Enseada conta com 500 metros e extensão e uma areia bem fina. Suas águas são bem calmas e claras, sendo muito possível encontrar pequenos peixes enquanto você realiza um mergulho.

Através do único restaurante do local, você consegue cadeiras e guarda-sol para ficar, podendo desfrutar todo o seu tempo em apreciar a linda natureza do local.

Observar a fauna local

É importante a informação para se evitar alimentar animais na ilha, pois isso causa diversos impactos ambientais e desregula os processos naturais da ilha. No local, existem algumas espécies que são ameaçadas de extinção, por isso ainda mais é necessário o cuidado.

Quando ir para a Ilha do Campeche

Sempre recomendamos a estação do verão para visitar a ilha, porém nessa estação Florianópolis fica lotada, podendo haver sobrecarga da ilha.

Agende com antecedência e chegue cedo para realizar o passeio. Se você quiser o local mais tranquilo, as estações do outono e primavera são recomendadas e, na maior parte delas, o calor toma conta da região.

Entretanto, não limite seu passeio por conta da sua data. Você consegue aproveitar o local independente da época do ano, ficando bastante a critério do turista a melhor escolha.

Alugue uma lancha para conhecer a região

Um passeio recomendado para quem está em grupos ou famílias grandes, o aluguel de lanchas é bastante recomendado para aumentar a diversão. Os aluguéis são diários e conta com um piloto.

Basta combinar o roteiro e poderá conhecer todo o entorno da ilha, nadar em seu mar e se divertir o dia todo.

Infraestrutura na Ilha do Campeche

A ilha é bem pequena e conta com uma única praia de areia bem fina. No local, existe apenas um restaurante que serve diversas porções. Tudo é bem simples e não há uma infraestrutura de praias normais.

A Ilha do Campeche pode ficar fechada em determinados dias devido ao mau tempo, sendo recomendado sempre agendar o passeio e perguntar a disponibilidade.

Em relação ao lixo, não existe local para descarte, por isso recomendamos levar um saco plástico para trazer o lixo consigo no barco. Os barcos que levam os turistas até a ilha são simples e nem tanto confortáveis, porém a viagem é bem rápida.

Dicas úteis

Algumas dicas bem importantes para levar em conta quando você for para a Ilha do Campeche são relacionadas a preservação do local, sua proteção e considerações da ilha. A ilha é tombada como Patrimônio Histórico e Paisagístico Nacional, sendo assim, você pode ficar no máximo 4 horas no local e o número de visitantes por dia é fixado em 700 pessoas.

O local é bastante conversado e com uma natureza quase intacta. Recomendamos sempre armazenar seu lixo, evitar contaminar a água, e ter a consciência de que é proibido se aventurar sozinho mata a dentro para conhecer.

Lembrando também que, sempre leve consigo uma garrafa de água e seu protetor solar. A região é bastante quente e caso esqueça, no local não existe venda de protetor, apenas água.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.