O Que Fazer 30 Dias Antes de Uma Viagem ao Exterior

Seja de férias ou a trabalho, fazer uma viagem ao exterior é uma grande experiência, afinal, nós conhecemos lugares novos, culturas e gastronomias diferentes, fazemos amizades, colocamos outro idioma para trabalhar e muito mais!

E tudo isso contribui para nossa bagagem e para boas histórias e lembranças no futuro.

Porém, apesar desse tipo de viagem ser, geralmente, incrível, é importante ter em mente que, para que tudo ocorra da melhor maneira possível, é essencial fazer um ótimo planejamento com antecedência, caso contrário, certos problemas e “perrengues” podem acontecer.

Por isso, no artigo de hoje, nós iremos te apresentar dicas realmente úteis e importantes sobre o que você deve fazer 30 dias antes da sua viagem ao exterior.

Então aperte bem os cintos e embarque conosco nessa jornada!

Viagem ao exterior: o que fazer 30 dias antes de embarcar

Para não ter erro e você conseguir fazer uma viagem tranquila, sem grandes dores de cabeça, é de suma importância que você se atente aos pontos que falaremos logo a seguir.

E para isso, é interessante que você pegue papel e caneta ou utilize um aplicativo no celular, para ir anotando e depois dando um “check” no que já foi feito.

Assim, você terá um registro completo do que precisa fazer 30 dias antes da sua viagem ao exterior e poderá ir eliminando da sua lista o que já foi resolvido.

Agora, sem mais delongas, vamos às dicas!

1. Tomar vacinas

Diversos destinos no exterior exigem que os turistas apresentem o CIVP (Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia), para demonstrar que tomaram a ou as vacinas necessárias para poder entrar no país, sendo uma das mais comuns a contra a febre amarela.

E agora, por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus, é bem provável que muitos destinos comecem a exigir que viajantes tenham tomado a vacina contra a Covid-19 também.

Portanto, 30 dias antes de fazer a sua viagem ao exterior, verifique essa questão referente ao destino que irá e, caso precise de alguma vacina, não deixe de tomá-la, pois, caso contrário, você será impedido de entrar no país.

2. Contratar um seguro viagem

O seguro viagem, ainda mais em tempos de pandemia, é um item indispensável para viagens ao exterior. Você precisa contratá-lo antes de sair do país.

Portanto, nos 30 dias que antecedem a sua viagem, faça pesquisas e cotações, veja as opções e coberturas disponíveis, e contrate um bom seguro para a sua viagem internacional.

Dessa forma, em casa de problemas, emergências, imprevistos e outras situações, o seguro poderá cobri-lo e você não precisará pagar tudo do seu bolso.

Você já viu quanto custa uma simples consulta médica nos Estados Unidos ou na Europa? São valores bem altos e ainda em dólares ou euros!

Então, é muito mais inteligente gastar um pouco mais ao contratar o seguro do que ter sérios (e caros) problemas a milhares de quilômetros de casa, não é mesmo?

3. Trocar dinheiro

Ao fazer uma viagem ao exterior, você precisará da moeda estrangeira para poder comprar coisas e realizar pagamentos.

Sendo assim, outro ponto importante para você se atentar 30 dias antes da sua viagem é trocar o dinheiro, isto é, o Real pela moeda local.

E para isso, você pode entrar em contato com uma casa de câmbio ou com seu próprio banco. Avalie bem as condições, taxas e cotações e faça boas escolhas!

Além disso, procure levar pelo menos outro meio para realizar pagamentos, como um cartão pré-pago internacional.

Isso porque, se algo acontecer algo com seu dinheiro em espécie, como perda ou roubo, você não ficará “zerado” no destino.

4. Fazer cópias de documentos e comprovantes

Uma viagem ao exterior necessita de diversos documentos e comprovantes, que envolvem: passaporte, visto, passagens, hospedagem, questões financeiras, etc.

Por isso, 30 dias antes de viajar, reúna toda essa documentação e faça cópias, tanto de maneira física (impressa) quanto de maneira digital (na nuvem ou no e-mail, por exemplo).

Dessa forma, em caso de algum problema ou até mesmo erro, você terá tudo a disposição para comprovar e apresentar.

5. Comprar ingressos/bilhetes

Muitos destinos no exterior são bastante procurados por turistas todos os anos. Por isso, um ótimo jeito de você ter mais tranquilidade e garantia em relação a passeios, atrações, shows, etc., é já comprar os ingressos/bilhetes com antecedência.

Assim, você não corre o risco de perder um passeio, uma atração, um show, etc., por falta de ingressos/bilhetes e ainda poderá escolher o dia que melhor lhe convém.

Já pensou o quão frustrante seria chegar em uma atração e descobrir que os ingressos estão esgotados no único dia que você poderia aproveitá-la?

6. Montar o roteiro

Como dissemos no início do artigo, fazer uma viagem ao exterior é uma grande experiência. Portanto, para aproveitá-la ao máximo, é de suma importância que você monte o seu roteiro pelo menos 30 dias antes de viajar.

Dessa forma, você já saberá quando e onde tem que ir quando estiver no destino.

Inclusive, é importante que em seu planejamento você verifique informações como endereços, horários de funcionamento e como chegar até os locais, pois assim você conseguirá montar um roteiro adequado e realista.

Além disso, não queira sair conhecendo tudo de uma vez só. Aproveite cada momento, cada passeio e cada atração o tempo que for necessário. Viva com intensidade cada experiência.

7. Verificar o clima do destino

Nesta dica aqui, na verdade é mais interessante que você a siga quando estiver faltando cerca de 15 dias para a sua viagem ao exterior. Isso porque, dessa forma você conseguirá verificar o clima com mais exatidão.

E por que verificar o clima do destino? Porque será com base nele que você montará a sua bagagem!

Muitos viajantes, principalmente quando fazem viagens internacionais, levam muito mais do que o necessário nas malas.

Por isso, uma ótima maneira de evitar essa situação, é verificar o clima do destino antes de viajar. 

Assim, você poderá ver se estará frio, calor ou uma temperatura mais amena no destino que irá e, com base nisso, poderá separar suas roupas, acessórios e outros itens.

Tenha em mente o seguinte: não exagere, leve apenas o suficiente. Dessa forma, você terá uma bagagem muito mais leve e com mais espaço que, claro, você provavelmente irá preenchê-lo com as tradicionais “comprinhas” no exterior.

8. Comprar um chip internacional

Hoje em dia, é difícil ficar sem internet, não é mesmo? Nós utilizamos ela para praticamente tudo, desde pesquisar informações e tirar dúvidas, até comprar coisas e encontrar maneiras para se entreter.

Por isso, antes de viajar para fora do país, compre um chip internacional para o seu celular. Assim, você estará sempre conectado e não dependerá dos Wi-Fis disponíveis na região que estiver.

Além disso, é muito comum pesquisar informações sobre restaurantes, shoppings e outros lugares quando estiver no destino, fora que, utilizar aplicativos de transporte como o Uber, também é algo bem recorrente.

Portanto, invista em um bom chip internacional para você ter sempre internet disponível e para conseguir se comunicar/fazer as coisas no destino com mais facilidade.

9. Reservar uma vaga em um estacionamento

Muitos viajantes preferem ir com o próprio veículo até o aeroporto no dia da viagem. Então, por exemplo, se você é de São Paulo, vale a pena reservar uma vaga em um estacionamento perto do aeroporto Guarulhos.

Isso porque, assim você deixará o seu carro em um local seguro enquanto viaja e ainda economizará, pois há diversas boas opções próximas do aeroporto e que são mais em conta.

10. Emitir a PID

Se você pretende alugar um veículo e dirigir no destino que for, dependendo do local, você precisará da PID – Permissão Internacional para Dirigir.

Por isso, 30 dias antes de fazer a sua viagem ao exterior, verifique se o destino que você irá, faz essa exigência e, se sim, emita a permissão para que você possa dirigir.

E a boa notícia é que para emiti-la, não é nada muito complicado. Você pode fazer todo o processo pelo site do Detran.

11. Montar um kit de medicamentos

Ninguém espera passar mal ou ter algum outro tipo de problema ao fazer uma viagem ao exterior. Porém, infelizmente, essas situações podem acontecer.

Por isso, antes de você viajar, separe alguns medicamentos para dor de cabeça, dor de estômago, febre, enjoo e alergia.

Dessa forma, em qualquer uma dessas situações, você terá um remédio para tomar.

Inclusive, isso é importante também, porque os medicamentos em outros países podem ser diferentes, ter componentes que não conhecemos, ou ainda, podem não ser liberados para compra sem uma receita.

Além disso, caso você faça o uso de algum medicamento controlado, não esqueça de levá-lo e de verificar as exigências para isso. Você precisa comprovar com alguma receita ou documento que precisa dele.

12. Verificar/comprar carregadores, baterias e adaptadores

Atualmente, nós usamos diversos dispositivos em nosso dia a dia, não é verdade? Smartphones, tablets, notebooks, câmeras fotográficas e muito mais.

Portanto, 30 dias antes de viajar, verifique se os carregadores e as baterias dos seus dispositivos estão funcionando bem, se há algum problema com elas e se há a necessidade de fazer trocas ou compras.

Já pensou se você leva a sua câmera para tirar várias fotos e a bateria está com defeito, ou se o carregador não está funcionando direito? Seria decepcionante.

Além disso, não deixe de pesquisar quais são os tipos de tomada utilizadas no destino, pois talvez você precise comprar alguns adaptadores para poder conectar e carregar seus dispositivos.

13. Fazer as pesquisas “finais” sobre o destino

Quanto mais informações você souber a respeito do destino que irá, mais proveitosa será a sua viagem.

Portanto, em todo o seu planejamento, pesquise bastante para chegar preparado ao destino!

E isso vai desde atrações e passeios imperdíveis para fazer, até lugares para comer, curiosidades sobre o local, leis, costumes, datas especiais, etc.

De repente, você descobre algumas semanas antes de viajar que haverá um mega evento justamente no dia que você vai estar lá, ou ainda, que haverá um show de uma banda que você gosta muito. Pode acontecer.

14. Resolver as coisas de casa

Por fim, resolva as coisas referentes a sua casa. 

Por exemplo, você tem algum animalzinho de estimação? Se sim, onde ele vai ficar enquanto você estiver fora? Na casa de um familiar/amigo ou em um hotel para pets? Além disso, você tem contas para pagar que vencem durante o período da viagem? Como você fará esses pagamentos?

Essas e outras questões precisam estar bem alinhadas e resolvidas antes de você viajar. Assim, há muito menos chances de dar problemas e de acontecer “perrengues”.

Ah! E não deixe de avisar para a sua família, amigo próximo ou vizinho de confiança que você fará uma viagem. Dessa forma, em caso de alguma emergência ou situação adversa, eles poderão ajudá-lo.

E claro, após resolver todas essas questões, é só se preparar, pegar as malas, fechar tudo em sua casa e partir rumo à viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *