Muita gente pensa que viajar para o exterior sem saber falar Inglês seja um erro enorme. E, de fato, é de se imaginar que tudo fica mais complicado, se não podemos nos comunicar bem.

Todavia a comunicação não se resume a palavras e seus significados. Gestos, expressões e toda sorte de manifestação podem ajudar os turistas com este obstáculo.

Por isso, se pretende viajar para o exterior sem saber falar Inglês, fique com a gente. Conversaremos a respeito da barreira linguística e dos meios de superá-la.

Você me acompanha? Será uma viagem muito interessante! Pode apostar!

Viagem para o exterior sem falar inglês

É preciso ser fluente em Inglês para viajar para o exterior?

Definitivamente, ser fluente em Inglês tornará sua viagem muito mais aproveitável. Afinal, a fluência diz respeito não apenas ao falar, ler e ouvir. Ela se manifesta também na questão cultural.

Ao ser fluente em Inglês, o turista já interagiu muito com músicas, filmes e livros. Ainda, assume-se que passou uma boa quantidade de horas conversando com nativos.

Desse modo, muito do jeito de viver da população do destino já é conhecido. Por isso, há menos preocupações com o que não fazer ou como agir.

No entanto é importante ter em mente que, embora bom, não é obrigatório. Ou seja: de modo algum é indevido viajar para o exterior sem saber falar Inglês. Tudo bem?

Basta planejar tudo com atenção e contar com ajudas. Daqui adiante, ensinaremos truques magníficos, que tornarão sua viagem uma experiência incrível. Vamos lá?

O que fazer ao viajar para exterior sem saber falar Inglês

E se eu te mostrasse uma foto, de outro país, mostrando duas portas com placas de um homem e uma mulher desenhados? O que você me diria que são? Banheiros, não é mesmo?

Agora, pense comigo: você precisou saber qual país era? Precisou pesquisar qual idioma utilizam, neste país? Ora, não precisou. Bastou conhecer o padrão de portas juntas e placas.

Isso ocorre porque boa parte da comunicação é não verbal. Isso quer dizer que esse percentual não se vale de palavras para transmitir ideias.

Placas de trânsito, gestos e expressões faciais e corporais ocupam parte importante de nossa comunicação. Justamente por isso a leitura torna-se muito difícil, quando o tema é informal.

E comento isso porque, ao viajar para o exterior sem saber falar Inglês, você precisará dessa consciência: nem tudo depende de palavras. Falemos, então, de ações práticas ligadas a isso.

Valendo-se delas, você poderá viajar para o exterior sem saber falar Inglês e, ainda assim, aproveitar bastante. Confira-as todas.

Gesticulando e simbolizando a ideia a comunicar

Embora possa gerar certa timidez, a gesticulação ajuda muitíssimo. Ao viajar para o exterior sem saber falar Inglês, mesmo mímicas podem resolver uma situação emergencial.

Por isso, diante de uma necessidade muito especial, perca a vergonha: apele para a gesticulação no melhor estilo Imagem & Ação.

Mas não conte apenas com a sorte

Ao viajar para o exterior sem saber falar Inglês, prepare-se com antecedência. Claro que você não precisa se matricular numa turma ou fazer um intensivo. Não é preciso tanto assim.

Contudo é de extrema importância conhecer palavras básicas e expressões mais corriqueiras. Isso porque mesmo o jeito de pedir água pode soar grosseiro, causando problemas.

Portanto, lembre: memorize cumprimentos, agradecimentos e pedidos mais frequentes. E não se importe com o sotaque: ele é natural, e ocorre mesmo entre os nativos do Inglês.

A tecnologia pode ajudar

Hoje em dia, dispomos de uma série de ferramentas digitais que salvam nossas vidas. Ao viajar para o exterior sem saber falar Inglês, elas dividirão águas nos momentos oportunos.

E não precisa investir em grandes soluções. O próprio Google Translator, nativo nos celulares Android, é uma mão na roda.

A ferramenta precisa apenas de conexão com a internet para traduzir frases inteiras. Ainda, uma voz robótica pode lê-las a um toque de botão.

Apenas lembre-se de sempre ter um carregador ao alcance. E, claro, invista em um bom plano de dados, para ter sempre internet em seu aparelho.

Várias operadoras vendem opções pré-pagas bastante em conta. Você pode comprar o chip já no aeroporto, ao desembarcar. Mas cuidado com o Instagram e chamadas de vídeos, hein?

Seguindo estas dicas e planejando tudo bem direitinho, você se sairá muito bem. Viajar para o exterior sem saber falar Inglês pode não apenas ser fácil como, também, muito divertido.

Finalizando, que você tenha uma ótima viagem. Mas, assim que voltar, não perca tempo: esteja conosco e aprenda Inglês de verdade! E o melhor: de graça. Até a próxima, viajantes!

Categorias: Geral

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *